Porquê suplementar com L-Arginina?

Porquê suplementar com L-Arginina?

Todos os nutrientes têm uma função no organismo que proporcionam uma série de benefícios à nossa saúde e qualidade de vida. A arginina é um aminoácido semi-essencial que desempenha uma função crucial nas várias funções biológicas.

 

Funções e Benefícios da Arginina

Produção de óxido nítrico

A arginina é um percursor do óxido nítrico que promove o relaxamentos dos vasos sanguíneos, melhora a circulação sanguínea, regula a pressão arterial e é bastante importante para a liberação de hormonas de crescimento e insulina. Estudos apontam que a suplementação com L-arginina pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares e reduzir a pressão arterial em indivíduos com hipertensão;

Cicatrização de feridas

A arginina é crucial na síntese de proteínas e colagénio, componentes essenciais para a cicatrizarão de feridas e regeneração de tecidos. A suplementação com arginina foi associada a uma aceleração na cicatrizarão de feridas, especialmente em pacientes pós-cirúrgicos ou com queimaduras graves

Estimula a imunidade

A arginina pode contribuir para a produção de glóbulos brancos, que são as principais células de defesa do organismo. Além disso, a arginina também influencia a produção de citrinas, moléculas importantes na regulação de respostas imunes;

Desempenho físico e recuperação

Ao dilatar os vasos sanguíneos, a arginina facilita o funcionamento dos músculos e aumenta a resistência durante esforços intensos. Além disso, com o aumento do fluxo sanguíneo, também é estimulado o ganho muscular. Atletas e praticantes de atividades físicas intensas podem utilizar a suplementação de arginina para melhorar o desempenho e a recuperação. Pesquisas também mostram que esta suplementação pode aumentar a capacidade de exercício e reduzir a fadiga muscular.

 

Além da suplementação, é importante seguir uma dieta com fontes de arginina como:

  • Carnes: carne vermelha, frango e peru;
  • Produtos lácteos: Leite, queijo e iogurte;
  • Nozes e sementes: Amendoim, amêndoas, sementes de girassol e nozes;
  • Leguminosas: Feijões, lentilhas e grão-de-bico;
  • Frutos do Mar: Peixes e mariscos.

 

A arginina desempenha diversas funções essenciais na manutenção da saúde e do desempenho físico. Desde a melhoria da saúde cardiovascular até o suporte à cicatrização de feridas e à função imunológica, este aminoácido é uma parte integral da nutrição humana. 

 

Referências:

Böger, R. H., & Bode-Böger, S. M. (2001). The clinical pharmacology of L-arginine. Annual Review of Pharmacology and Toxicology, 41(1), 79-99.

Kirk, S. J., & Barbul, A. (1990). Role of arginine in trauma, sepsis, and immunity. The Journal of Parenteral and Enteral Nutrition, 14(5 Suppl), 226S-229S.

Bansal, V., & Ochoa, J. B. (2003). Arginine availability, arginase, and the immune response. Current Opinion in Clinical Nutrition and Metabolic Care, 6(2), 223-228.

Alvares, T. S., Meirelles, C. M., Bhambhani, Y. N., Paschoalin, V. M., & Gomes, P. S. (2011). L-Arginine as a potential ergogenic aid in healthy subjects. Sports Medicine, 41(3), 233-248.

 

Aproveite 15% de desconto no nosso suplemento de Arginina

Voltar para o blogue

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários necessitam de ser aprovados antes de serem publicados.